Dusan Borkovic correu contra recomendações médicas

O piloto sérvio Dusan Borkovic que este ano está ao volante de um Honda no WTCC, correu contra recomendações médicas. O piloto foi aconselhado por médicos a não correr na primeira prova do WTCC, isto porque a sua posição de condução não é correta.

Dusan_Borkovic_FIA_WTCC_2015

No ano passado o piloto conduzia um Chevrolet Cruze, mas a mudança para equipa Proteam ao volante de um Honda Civic começou mal. O Honda tem uma configuração que impede o piloto de ter uma correta posição de condução, recordamos que o piloto mede 2,07cm.

Apesar de no início da temporada do WTCC 2015, ter sido aberto uma excepção no regulamento para poder chegar o banco mais atrás, o piloto queixou-se de dores no final da primeira corrida na Argentina. Nas declarações logo após a corrida o piloto sérvio confessou que teve câimbras. Neste momento o piloto precisa de seja aberta uma excepção para que possa puxar o banco mais atrás, o regulamento do WTCC não permite que o banco esteja atrás do pilar A do carro. A justificação desta regra prende-se com o facto de a posição de condução mais atrás, altera o centro de gravidade do carro.

A Honda está a estudar a possibilidade de modificar a gaiola de segurança do Civic, para proporcionar mais espaço ao piloto.

Apesar das dificuldades Dusan promete que irá sempre dar o melhor de si em todas as corridas, e a próxima é já dia 17 de Abril em Marrocos.

Recommended Posts

Leave a Comment