Apresentação do 45º Circuito Internacional de Vila Real

Foi dado o tiro de partida para as corridas de Vila Real. As entidades oficiais fizeram a apresentação oficial do 45º Circuito Internacional de Vila Real, e do calendário do evento. Serão 4 dias recheados de animação, competição e emoção. Com a presença do presidente da câmara municipal de Vila Real, Eng. Rui Santos, assim como do presidente da FPAK, do clube automóvel de Vila Real, da entidade promotora APCIVR, passando também por Tiago Monteiro um dos responsáveis pela vinda do WTCC para Trás os Montes, entre outros, foi num clima de festa que se deu inicio àquela que se espera ser uma prova memorável para todos. Rui Santos na apresentação do 45º Circuito Internacional de Vila RealO Presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos salientou o esforço feito pelos parceiros e pelas muitas pessoas que voluntariamente têm ajudado na realização deste projecto, não se cansando de agradecer a todos os envolvidos. Rui Santos mostrou-se satisfeito e tranquilo com o rumo que a organização está a tomar, afirmando no entanto que “embora tenha a certeza que tudo correrá bem, haverá com certeza falhas e arestas por limar, mas que servirão de lição para que as edições de 2016 e 2017 sejam ainda melhores. Há espaço para melhorar como é óbvio mas a grande paixão pelas corridas que se vive em Vila Real permitirá que esta seja uma edição para recordar. Não esquecendo a festa que rodeia as corridas, que servirá também de promoção a Vila Real e ao Norte do país” Quando perguntamos se este era o passo que faltava para que Vila Real se assumisse de vez como a capital do deporto automóvel em Portugal, Rui Santos assegurou que “Vila Real sempre foi a capital do desporto motorizado e a paixão sempre esteve presente. No entanto quem governou anteriormente escolheu não dar tanta importância a algo que nos identifica. Mas esta é uma aposta nossa que queremos levar até ao fim.” Manuel de Mello Breyner, presidente da FPAK e um dos grandes responsáveis pela vinda do WTCC a Vila Real defendeu que sempre teve a convicção que a cidade era capaz de acolher um evento desta envergadura. No entanto declarou ao Chicane que “o mais difícil foi convencer a FIA. Foi muito complicado, mas o esforço valeu a pena.”Presidente da Fpak na apresentação do 45º Circuito Internacional de Vila Real Mello Breyner não escondeu o carinho especial que sente por Vila Real e pelo circuito afirmando até que “se pudesse vivia cá”. Quanto a manutenção do WTCC para o futuro o dirigente disse que “ há factores que falam mais alto, tal como poder financeiro. As entidades responsáveis fizeram um esforço enorme para ter cá esta prova, e esperemos continuar, mas se no futuro não for o WTCC, que seja com outra prova.” Com duas propostas “na manga” para apresentar ao presidente da Câmara de Vila Real, para receber mais duas competições, Mello Breyner não quis levantar o véu e não revelou que provas serão essas mas que o anúncio será feito por altura de Setembro, caso avance, garantindo no entanto que são boas novidades e que já há trabalho feito.

Tiago Monteiro mostrou-se muito satisfeito pelo empenho e pelo apoio que tem recebido ao longo destas semanas, tendo testemunhado a grande paixão que se vive em Vila Real. Tiago Monteiro na apresentação do 45º Circuito Internacional de Vila Real

O piloto diz que esta pressão é positiva e que está motivadíssimo para dar o melhor de si no fim de semana das provas, tentando tudo por tudo para, pelo menos, chegar ao pódio, ele que já o fez no Estoril e no Porto. Serão 4 dias de competição e de festa, com muitos eventos a decorrer na cidade, com concertos, exposições e uma série de actividades que prometem animar a cidade de 9 a 12 de Julho.

Estamos certos que tudo decorrerá da melhor forma e que Vila Real irá inscrever o seu nome nas competições internacionais passando a ter o reconhecimento que merece há muito tempo.

Recommended Posts

Leave a Comment