CNV no Circuito de Vila Real

Nem só das provas do WTCC, se fez o fim de semana de corridas em Vila Real. O Campeonato Nacional de Velocidade foi também uma das provas em destaque.

Para esta prova, a terceira do campeonato contamos com 16 carros, (record de inscritos esta temporada) divididos por categorias, algumas apenas com um inscrito. Este é um campeonato que merece ter um novo vigor, e esperamos novidades para breve.

Na classe Sport Protótipos (a mais concorrida) os candidatos a vitória era a dupla Rafael Lobato e Pedro Salvador (atuais líderes do campeonato), e contavam com o apoio do público já que o jovem Rafael é um piloto da casa.

Rafael Lobato no circuito de vila real

O favoritismo confirmou-se com uma prestação notável desta dupla: conseguindo ganhar as 2 corridas, volta mais rápida em corrida, e Rafael Lobato estabeleceu ainda um novo record do traçado na Corrida nº2, com uma volta em 1:55,384, com uma velocidade média de 148km/hra.

A dupla Miguel Barbosa/Ivo Nogueira ao volante de um Tatuus PY 012 acabou a primeira corrida em 2º lugar. Já na 2ª corrida, esta dupla não conseguiu evitar um toque que acabou por ditar a desistência da corrida. Foi este mesmo acidente que originou o fim da corrida, depois de algumas voltas atrás do safety car.

Carlos Alonso no Circuito de Vila Real

 

Na classe GTC, destacamos a performance do piloto da casa Carlos Alonso que ao volante de um Lamborghini Huracan ST deliciou os espetadores, com o som do motor italiano. O piloto conseguiu vencer a 1ª corrida na categoria e fazer 4º da geral, depois de nos treinos cronometrados ter enfrentado problemas na caixa de velocidades. Já na 2ª corrida fez 2º lugar na categoria numa corrida que acabou cedo devido a um acidente.

Miguel Lobo e Paulo Sá Silva também obtiveram duas vitórias tranquilas na classe SPC3 ao volante do Radical SR3 com o número 8.

Na categoria GTR apenas havia um inscrito, Fábio Mota ao volante de um Megane Thophy, e foi naturalmente o vencedor.

Recommended Posts

Leave a Comment